Grupo quer ler todo Shakespeare em 24 horas

Estudantes do Wellesley College, universidade do estado americano de Massachussets, toparam uma empreitada literária de enorme fôlego: ler em grupo toda a obra de William Shakespeare em 24 horas. O que significa que os 31 membros da Sociedade Shakespeare da universidade tentarão ler, em voz alta, 39 peças de teatro e uma longa lista de poemas e sonetos do bardo inglês. "Isso é o que resultou dessa idéia louca, louca", disse Emily Henderson, integrante do grupo. Os estudantes começaram a leitura na tarde de domingo, às 17 horas pelo horário local, com o prólogo de Henrique V. A idéia é terminar com Hamlet na tarde desta segunda-feira. Um planejamento prévio levou o grupo a se dividir em cinco rodas de leitura, já que para dar conta de toda a obra do dramaturgo dentro do prazo, cinco textos teriam que ser lidos simultaneamente. Os textos de Shakespeare foram dividos por gênero. Um grupo ficou com as comédias, outro com as tragédias, dois grupos ficaram com as peças históricas e um grupo ficou com as "peças problemáticas", termo que estudiosos usam para designar as peças que não se encaixam nas outras categorias. "No fundo, nós amamos Shakespeare", disse o presidente da Sociedade. "Você se perde na linguagem, mas se perde de uma ótima forma". Outros alunos e professores do Wellesley College se reuniram ao grupo dos 31 amantes de Shakespeare para dar apoio a eles. No começo do evento, cerca de 50 pessoas estavam nas salas de leitura. "Todos aqueles livros... Tudo isso em 24 horas, parece absurdo mas realmente fantástico que possa acontecer", disse uma aluna da instituição. Os integrantes da Sociedade Shakespeare esperam registrar um recorde mundial, caso consigam completar a obra do bardo em 24 horas.

Agencia Estado,

16 de fevereiro de 2004 | 13h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.