Grupo Garagem estréia "Os Belos Elementos"

A companhia de teatro A Garagem volta à cena amanhã no Centro Cultural São Paulo com o espetáculo Os Belos Elementos. Depois de sete meses, este é o segundo espetáculo encenado pela equipe. Com direção e roteiro de José Germano de Melo, a peça traz para o palco um mix de surrealismo, humor e lirismo . "Não posso classificá-la como tragicomédia, prefiro dizer que se trata de uma chanchada impermanente", diz o diretor. "Não é uma história com começo, meio e fim, é cíclica, com muito movimento em cena". O fantasma de uma alemã, vendedora de caipirinhas, interpretada por Cristina Sverzuti, e a morte, personagem de Chistiane Cordovil, compõem a atmosfera fantástica da peça. "O clima não fica pesado, o tema é funebre, mas tratado de forma descontraída", explica Germano. "Essa descontração confere certa vivacidade ao espetáculo, o que é bom para atrair também o público jovem". Vestida de verde e falando alemão o tempo todo, a vendedora vai passar os 60 minutos da peça dividida entre a tarefa de servir caipirinha para o público e a missão de encontrar um ex-namorado. "O ex-namorado dela é Raimundo, um goleiro que sofreu grande decepção amorosa e se deu mal na profissão", conta o diretor. O futebol de Raimundo, vivido por Zé de Paiva, é apenas um dos elementos brasileiros que Germano decidiu colocar no roteiro. A história acontece no bondinho do Pão de Açúcar, ao som das músicas de Heitor Villa Lobos. É no bondinho, onde Raimundo e o estudante Vicente, papel de Walney Virgílio acabam presos, que se desenvolve o núcleo 1 da trama. "Lá Raimundo encontra a ex-namorada e Vicente conversa com a morte, com a qual havia sonhado no dia anterior", diz o diretor. "A história deles é a única parte que obedece uma ordem lógica de tensão e dramaticidade, o restante é guiado pelo absurdo e pelo abstrato". Humor e fantasia não são novidades no repertório da companhia. Em Dos Venenos o Mais Santo, primeiro trabalho da equipe, o bom humor e os elementos simbólicos também estavam presentes. Os Belos Elementos - Centro Cultural São Paulo, na Rua Vergueiro, 1000. Tel: 3277-3611. Até 5 de maio, para maiores de 14 anos. Sextas e Sábados, às 21h. Domingos, às 20h. Ingressos: R$ 10.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.