Grupo está próximo de franceses

O ano foi intenso para a Companhia Brasileira de Teatro. Além de duas estreias - Oxigênio e Isso Te Interessa? -, a agenda incluiu apresentações do grupo ao redor do País. Em outubro, já está prevista uma turnê pelo Nordeste, com ao menos três montagens do repertório. O percurso, que começa em João Pessoa, passa por Campina Grande, Salvador, São Luís e Fortaleza.

O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2011 | 03h08

Para 2012, o ritmo promete seguir acelerado. Serão ao menos três novos processos de criação que devem ganhar corpo, conta o diretor Marcio Abreu. Sobre o Dia em que Eu Nasci será concebido a partir de uma dramaturgia própria. Um trabalho conjunto entre o encenador e o núcleo de atores. Mais ou menos como o que eles fizeram em O Que Eu Gostaria de Dizer (2008) e em Vida (2010).

Também começam a se delinear os contornos de Essa Criança. Tradução de um texto do francês Joël Pommerat, mais um francês contemporâneo visitado pelo coletivo. A peça foi originalmente encenada no Theatre Du Boffes Du Nord, conhecido por seu vínculo com o diretor Peter Brook. Deve ganhar versão no Brasil no fim do primeiro semestre e marcará uma parceria entre o grupo e a atriz Renata Sorrah, que participa da encenação.

Na sequência, o destino é Paris. A proximidade com os franceses deve se estreitar ainda mais. No segundo semestre, o grupo desembarca na cidade para um estágio em dois teatros. Lá, pretende conceber um trabalho. Uma experiência que pode ou não levá-lo a um novo espetáculo. / M.E.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.