Grupo de Porto Rico monta peça em SP

Sexta-feira à noite, o paulistano tem a chance de ver aqui mesmo, no Teatro de Arena Eugênio Kusnet, um dos bons espetáculos que integraram a mostra internacional do Festival de Londrina, o Filo 2001. Antes de viajar para o sul do País, os seis atores da companhia Agua, Sol y Sereno, de Porto Rico, dirigida por Pedro Adorno, fazem uma única apresentação, em São Paulo, do espetáculo Una de Cal y Una de Arena.O pequeno palco do Arena será tomado por um grande bloco de concreto, pás, areia, cimento, rodas de trator, martelos e cones desses que se coloca na rua para delimitar espaços em obra. Ferramentas de trabalho que se tansformam em instrumentos de percussão quando entram em cena os operários desse canteiro de obra. Sob pretexto de contar uma história da relação chefe/operário, o grupo denuncia com humor os aspectos negativos da acelerada transformação urbana na ilha caribenha de Porto Rico.Fundada em 1993, a companhia tem no currículo montagens como El Adiestramento, uma crítica ao consumismo a partir da história de duas pessoas escondidas numa loja. Em coerência com sua estética de crítica social, o grupo sempre apresenta seus espetáculos em escolas e centros comunitários de periferia.Una de Cal Y Una de Arena. Criação coletiva do grupo Água, Sol Y Sereno. Direção Pedro Adorno. Duração: 60 minutos. Sexta, às 21h30.R$ 10,00. Teatro de Arena Eugênio Kusnet. Rua Teodoro Baima, 94,tel. 256-9463.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.