Gravuras eróticas de Denon são expostas em BH

A partir de hoje o público de Belo Horizonte pode visitar a exposição Les Priapées de Dominique-Vivant Denon, uma coleção de gravuras eróticas do artista francês que, pela primeira vez, está deixando os domínios do Museu do Louvre, de Paris. Ao todo são 18 gravuras em cobre que retratam as festas em homenagem ao deus Príapo.O francês Dominique-Vivant Denon (1747-1825) foi um grande gravador, além de diplomata, escritor e célebre colecionador. Foi também diretor do Museu do Louvre, que o homenageou batizando com seu nome uma de suas principais alas.As gravuras estão expostas na galeria Collections des Musées, uma das mais recentes de Belo Horizonte, inaugurada em setembro de 2000. Segundo Bete Lobato, idealizadora do local, a exposição está deixando o Louvre pela primeira vez graças a uma mentalidade dos museus europeus de difundirem a cultura pelo mundo, tentando popularizá-la e barateá-la, através de réplicas e objetos como pôsteres, jóias, telas, papelaria e multimídia.Para Bete, é uma ótima oportunidade de difundir a arte no Brasil. "Esta arte que estamos trazendo é universal, não tem pátria. Seria interessante que outros grandes centros, como São Paulo e Rio, pudessem também difundir esta idéia". Iniciativa - A Collections des Musées é o único espaço no Brasil sob a chancela da Réunion des Musées Nationaux, uma associação francesa que até agora licenciou 14 lojas ao redor do mundo e as abastece com réplicas certificadas de obras de arte dos acervos dos 33 mais importantes museus da França. São mais de 2 mil itens com origem certificada, emprestadas às lojas filiadas, pelos museus do Louvre, D´Orsay, Rodin, Beaux Arts, Picasso, British, Tate Gallery, National Gallery, Dali, Miró, Boston e Moma.Bete, que já morou na Bélgica, Londres e Paris, afirma que este trabalho não é novo apenas no Brasil, mas no mundo todo. "Cada grande museu está comercializando e fazendo uma popularização das obras universais, produzindo até mesmo magnéticos de geladeira e pôsteres", diz. "Há objetos de três até mil reais", completa.A exposição fica em cartaz até 20 de fevereiro. Para este ano já estão previstas também, dentro do mesmo projeto, obras de Charles Lebrun e Van Dyck. Les Priapées de Dominique-Vivant Denon. Collections des Musées - R. Antônio de Albuquerque, 330 - Savassi. De Segunda a Sexta, das 9h às 19h. Até 20 de fevereiro. Mais informações: 0 _ _ 31 32874882.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.