Gravuras de Lucila Sartori

Na exposição Morada, a artista plástica Lucila Sartori exibe recentes gravuras em metal e estampa. Realizado com procedimentos de técnicas diretas sobre o metal, com o uso de instrumentos como o berceau (maneira-negra ) e ponta-seca, seu trabalho evidencia possibilidades de utilização dessas técnicas, mostrando-as em sua ação sobre a superfície do cobre. "Os signos das moradas e seus contornos aí coexistem na mesma temporalidade e em simultaneidade espacial do interno e do externo, do dentro e do fora, do superficial e do profundo: grutas negras, moradas ancestrais, casas e seus elementos contemporâneos de arquitetura, fragmentos geométricos de habitações convivem num continuo com elementos orgânicos da natureza unificados pelo horizonte da paisagem", escreve Lucila. Após experiências em pintura, aquarela e desenho, ela abraçou a gravura em metal em 1992. A exposição Morada ficará em cartaz na Galeria Sesc Paulista (Av. Paulista, 119, tel.: 3179-3741) até a próxima sexta-feira, dia 22 de setembro.

Agencia Estado,

15 de setembro de 2000 | 12h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.