Gravura de Picasso é leiloada em Londres por pouco mais de US$ 100 mil

'Jacqueline au Bandeau de Face' foi elaborada em 1954, pouco depois do pintor ter conhecido sua 2ª esposa

Efe,

27 de novembro de 2012 | 16h37

A casa de leilões londrina Bonhams confirmou nesta terça-feira, 27, a venda, por US$ 101,3 mil, de uma gravura em linóleo do pintor espanhol Pablo Picasso, a qual retrata sua segunda mulher e maior musa artística, a francesa Jacqueline Roque.

A gravura Jacqueline au Bandeau de Face, cujo preço inicial era de US$ 80 mil, foi elaborada em 1954, pouco tempo depois do pintor malaguenho ter conhecido sua segunda esposa, que, por sinal, era 44 anos mais jovem que ele. Apesar da diferença de idade, Jacqueline acompanhou Picasso por mais de 20 anos.

Segundo Rupert Worrall, especialista em gravuras da Bonhams, esta gravura de Picasso se baseia em uma técnica que foi desprezada pelo pintor durante um longo período.

O artista espanhol fez seus primeiros esboços com blocos de linóleo em 1939, mas, posteriormente, acabou fixando seu interesse em outros tipos de materiais. De acordo com Worrall, Picasso só foi retomar seu interesse por essa técnica em 1953, justamente quando conheceu Jacqueline.

"Trata-se de uma obra complexa que mostra uma perspectiva dualista do rosto de Jacqueline. Picasso cria uma tensão entre as visões confrontadas na gravura", completou Worrall.

Para o especialista da sala de leilões, a obra tardia do pintor espanhol, "um dos artistas mais reconhecidos de todos os tempos", recebeu a influência decisiva de sua mulher, uma das diversas musas que manteve ao longo de sua vida.

Durante o casamento, que durou duas décadas, até a morte do pintor, em 1973, Picasso retratou Jacqueline em mais de 400 ocasiões.

"Ela se transformou em um verdadeiro sustento para a criatividade de Picasso. Foi a modelo que mais vezes posou para ele. Estava fascinado com sua imagem e registrou suas constantes mudanças através dos anos", finalizou o especialista da Bonhams.

 
Tudo o que sabemos sobre:
PicassoJacqueline au Bandeau de Face

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.