Grand Palais de Paris reabre suas portas ao público

O Grand Palais de Paris, uma das jóias arquitetônicas de Paris, reabrirá suas portas em 17 de setembro, depois de 12 anos fechado e de quatro anos de trabalho de restauração do prédio, inaugurado em 1900. A obra recuperou as estruturas do prédio e renovou sua imensa cúpula de vidro e aço.Em entrevista coletiva concedida no local, o ministro da Cultura francês, Renaud Donnedieu de Vabres, reiterou nesta terça-feira a "vocação cultural e a projeção internacional" do Grand Palais, edifício construído para a Exposição Universal de 1900.O Grand Palais reabrirá suas portas no sábado, 17 de setembro por ocasião do Dia do Patrimônio, data em que praticamente todos os prédios públicos da França podem ser visitados gratuitamente.Uma programação excepcional foi preparada para a ocasião: a exposição dos Balões Monumentais de Coronelli, feitos a pedido do rei Luís XIV, e um espetáculo de luzes e som.Outros acontecimentos culturais serão organizados ao longo de dois anos, à espera do fim de uma nova série de trabalhos no interior do edifício, que durarão até 2010.A primeira fase das obras de restauração, com custo de 72,3 milhões de euros, foi destinada ao fortalecimento das bases, à renovação da estrutura metálica, do teto, dos vidros, e durou de 2001 a 2004.A segunda fase, dedicada à restauração das fachadas, dos elementos esculpidos e dos mosaicos, terminará em 2007. O orçamento total das obras chega a 101,36 milhões de euros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.