Grafite ocupa porão de luxo, o do Masp

Museu abre exposição de arte de rua até dia 5 de dezembro

estadao.com.br,

19 de novembro de 2009 | 14h47

Visual de uma das obras na mostra do Masp. Foto: Divulgação 

 

SÃO PAULO - O grafite saiu da superfície para ganhar um porão de luxo. Obras de vários artistas de rua estarão na próxima exposição no Museu de Arte de São Paulo (Masp), que será inaugurada nesta sexta-feira, 20, no primeiro e segundo subsolos (Hall Cívico e Mezanino), cobrindo 1,5 mil m² de chão e paredes do local.

 

Com o título De Dentro Para Fora/De Fora Para Dentro, a exposição terá obras de Carlos Dias, Daniel Melim, Ramon Martins, Stephan Doitschinoff, Titi Freak e Zezão, artistas que começaram a carreira com arte na rua e atualmente ganham status depois de terem expostos trabalhos em diversas galerias nacionais e internacionais.

 

Serão, ao todo, seis murais e instalações interativas, feitas apenas para a mostra. Para a montagem foram usados 700 litros de tinta látex e 600 latas de spray. Ao final da exposição, os murais serão apagados, caracterizando a ideia de efemeridade que os grafites têm nas ruas, quando os muros, quase sempre são repintados de branco.

 

Além dos murais, estarão expostos também telas, fotografias e vídeos. Em uma sala, os visitantes poderão participar, inclusive, deixando a sua assinatura nas paredes do local. A exposição vai até 15 de fevereiro de 2010. Os curadores são os arquitetos Baixo Ribeiro e Mariana Martins e o historiador Eduardo Saretta.

 

De Dentro Para Fora, De Fora Para Dentro

Quando: abertura nesta sexta, 20; de terça a domingo, das 11h às 18h, e quinta, das 11h às 20h; até 5/2.

Quanto: R$ 15.

Onde: Masp (Av. Paulista, 1.578, tel. 0/xx/11/3251-5644).

 

(Com informações de O Estado de S. Paulo)

Tudo o que sabemos sobre:
grafitearteMaspexposição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.