Governo da Espanha compra cartas de Goya

O governo da Espanha pagou 700.000 dólares por 40 cartas do pintor espanhol Francisco de Goya y Lucientes. Nelas, o artista conta detalhes de sua vida, desde suas atividades como pintor até sobre o dinheiro que mandava para a mãe em sua cidade natal, em Zaragoza .As cartas fazem parte da coleção de correspondências entre Goya e Martín Zapater, um amigo de infância. O artista pintava a serviço dos reis Carlos III e Carlos IV. As cartas compradas hoje vão se juntar as outras 58 que pertencem à coleção de documentos de Goya do Museu do Prado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.