Google planeja acordo por música online na China, diz jornal

O maior buscador da internet, Google, está planejando impulsionar a sua presença na China se unindo a uma companhia de música online do país para prover downloads gratuitos de música, divulgou k Wall Street Journal na quarta-feira. A reportagem, citando fontes perto de situação, afirma que o Google está nos últimos estágios de um plano de união e irá provavelmente disponibilizar acesso a músicas de três companhias globais e de dúzias de selos menores. O serviço pode começar nas próximas semanas se não ocorrer nenhum imprevisto, afirma o jornal. A ação vem à medida que o Google luta por uma parcela do mercado da Baidu.com, que domina o mercado de busca chinês e oferece buscas por músicas. Nenhum representante da Google estava disponível imediatamente para comentar. O mercado de buscas chinês atingiu 946,6 milhões de iuanes (131 milhões de dólares) no quarto trimestre--quase o dobro do último ano, segundo uma empresa de pesquisa. O Baidu.com liderou o mercado no quarto trimestre com uma parcela de 60,1 por cento, afirma a Analysys International, enquanto o Google ficou em segundo com 25,9 por cento do mercado, seguido pelo Yahoo China com 9,6 por cento. (Reportagem de Ritsuko Ando)

REUTERS

06 Fevereiro 2008 | 11h32

Mais conteúdo sobre:
TECH GOOGLE CHINA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.