GNT Portugal comemora audiência

O sucesso dos programas e da teledramaturgia brasileira em Portugal é indiscutível. Mas o que já era uma conquista da TV aberta vai se consumando no circuito pago. O GNT de lá - cuja programação é uma mistura de produções da Globo e dos canais Globosat (Multishow, GNT e SporTV) - comemora os bons índices de audiência conquistados em cinco anos no ar. Os números do primeiro semestre deste ano mostram que a emissora está em quarto lugar no ranking dos canais pagos. Perde para a SIC Notícias, Hollywood (canal de filmes) e SIC Radical (canal jovem).Para a emissora, a posição é excelente. O universo do cabo em Portugal é de 4,1 milhões de indivíduos. A média de share - participação de audiência no total de aparelhos ligados - do canal é de 5,4%. Das 18 horas até 1h, a emissora mantém o quarto lugar, mas o share sobe para 6,2%.Apesar do bom desempenho na audiência, o canal vem tentando se aproximar de seu principal público, o português, ora pois. Desde 2000, o GNT Portugal lançou programas de produção própria, como o Brasil Musical e o Portugal Musical. No mês passado, estreou Braços Abertos, uma espécie de revista eletrônica, com notícias sobre Brasil e Portugal. "Queremos intensificar o intercâmbio cultural entre os dois países", destaca a diretora do canal, Christianne Bichucher.Novelas - Os nomes são iguais, mas o GNT Portugal não tem nada a ver com o canal brasileiro. No GNT Portugal, a principal atração são as novelas, que vão ao ar no horário nobre. Atualmente, os portugueses podem ver, mais uma vez, a versão original de Vale Tudo, de Gilberto Braga, e Salsa e Merengue, já vistas lá pela TV aberta. "É uma espécie de vale a pena ver de novo", compara a diretora. Ao lado das novelas, o Domingão do Faustão, sempre repleto de figurinhas já famosas para os portugueses, está no topo do ranking de programas mais vistos na emissora. Isso, indo ao ar lá com uma semana de defasagem em relação às edições brasileiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.