Glória Trevi deve ser impedida de permanecer no País

O destino da cantora mexicana GlóriaTrevi já está praticamente traçado. A tendência na ComissãoNacional de Refugiados (Conare) é negar a ela a permanência noBrasil como refugiada política, permitindo a extradição para seupaís. Glória Trevi está presa em Brasília, acusada pela justiçamexicana de ser cúmplice do seu empresário e ex-namorado SérgioAndrade, suspeito de aliciamento de menores.Formado por representantes dos Ministérios da Educação,Justiça, Relações Exteriores, Trabalho e Saúde, Polícia Federal,Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) e aentidade religiosa Cáritas do Rio e de São Paulo, o Conare deveanunciar em breve sua decisão desfavorável à artista. A maioriados conselheiros quer que Glória Trevi volte ao México paraprovar ou não sua inocência.Até mesmo o fato de a cantora ter engravidado dentro dacela da PF, em Brasília, não deve alterar a decisão.Segundo conselheiros do Conare, organismos ligados àOrganização das Nações Unidas (ONU) fizeram levantamentos noMéxico e não observaram fatos que possam comprovar que a cantoracorrerá risco de vida se retornar ao País, ao contrário do queargumenta para conseguir permanecer no Brasil. O processo noPaís está praticamente concluído e inclui documentos,declarações e até mesmo uma fita de vídeo contando a história deGlória e seu perfil.Polêmica - A bela e sorridente Glória Trevi, há algunsanos, não passava de uma artista sem expressão. Cantava sempreacompanhada por quatro ou cinco meninas num estilo juvenil, erapouco conhecida tanto na mídia como pelo público mexicano.Mas, a partir da contratação do empresário SérgioAndrade, sua carreira cresceu em pouco tempo, chegando a venderaté cinco milhões de discos, uma marca atingida por poucosartistas de seu país. E fez três filmes com recordes debilheteria.Com Andrade também ganhou o perfil de contestadorapolítica e de costumes. "Ela tinha um estilo Madonna", defineum conselheiro do Conare que analisou diversos documentosexistentes hoje no processo da cantora. No currículo de GlóriaTrevi existem registros que mostram sua posição sobresexualidade e até mesmo críticas ao próprio país. Uma, porexemplo, afirmava que havia submissão do México aos EstadosUnidos.Se foi Andrade o responsável pelo sucesso da cantora,foi ele também que praticamente a colocou em dificuldades.Andrade é acusado de ter seduzido, engravidado e raptado uma dasmenores, de 13 anos, integrante do grupo de Glória. A artistafoi considerada cúmplice do crime. O Conare não estáconsiderando outras acusações contra a artista, como a morte deuma filha que ela teve com Andrade, no Rio de Janeiro.Oficialmente, a criança morreu sufocada com o próprio vômito,mas a polícia fluminense investiga se houve negligência ouparticipação da cantora no fato.

Agencia Estado,

24 de outubro de 2001 | 20h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.