Glória Maria permanece no hospital e passa bem

A jornalista Glória Maria permanece hospitalizada neste primeiro dia do pós-operatório de retirada da vesícula biliar pelo método videolaparoscópico, "evoluindo sem intecorrências", ou seja, sem complicações, segundo o texto do boletim médico que a assessoria de imprensa do Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, no Rio, divulgou no início da tarde desta terça-feira.O boletim vem assinado pelo médico gastro-enterologista José Galvão Alves e pelo diretor médico do hospital Evandro Tinoco Mesquita.A jornalista que foi operada na manhã desta segunda-feira, conversou por telefone, um pouco antes da cirurgia, com a apresentadora Ana Maria Braga, falando ao vivo durante o programa "Mais Você". Glória Maria disse que "aqui o negócio está complicado". Contou que estava entrevistando a atriz Fernanda Vasconcelos da novela "Páginas da Vida", no Projac, e sentiu-se mal, com enjôos e fortes dores. "Quando percebi estava na ambulância", contou Glória, explicando "inicialmente que seu quadro era de gastrite aguda, depois pancreatite aguda e após um exame de ecoendoscopia verificaram que eu tenho micro-cálculos na vesícula", contou Glória.Ana Maria Braga disse para a apresentadora do Fantástico que ela também havia sido submetida à mesma cirurgia tempos atrás e a encorajou: "Você vai sair linda e ótima".Jornalista foi internada na sexta-feiraGlória Maria foi internada na última sexta-feira por volta das 21h30, queixando-se de fortes dores na região abdominal e foi submetida a uma série de exames. De acordo com boletim médico divulgado pelo hospital, vomitava e apresentava leve desidratação, e necessitava de "internação hospitalar para reposição de líquidos por via endovenosa e esclarecimento do diagnóstico"Como parte do "Fantástico" é editada e pré-gravada na sexta-feira, o programa deste domingo foi apresentado por Renata Ceribelli e Zeca Camargo, conforme havia informado a assessoria de imprensa da Globo.Glória Maria Matta da Silva começou a apresentar o programa "Fantástico", exibido aos domingos às 20h30, em maio de 1988.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.