Globo quer lançar produtos com marcas de clubes

A Globo vai testar novas maneiras de explorar o futebol. A GloboMarcas, braço das Organizações Globo criado para o licenciamento de produtos, negocia o direito de lançar mercadorias com as marcas dos grandes times de futebol brasileiro. Segundo o diretor da GloboMarcas, José Luiz Bartolo, o sucesso de audiência das transmissões de futebol levaram a emissora a pensar em produtos relativos ao esporte.Um bom exemplo é audiência da final da Copa do Brasil, transmitida no domingo pela Globo. A partida entre Corinthians e Grêmio marcou 40 pontos de audiência contra 11 de Gugu Liberato, com seu Domingo Legal, do SBT."Essa é uma de nossas apostas no segmento esportivo, que cada dia mais se mostra importante dentro da programação da Globo", diz Bartolo. "Há uma gama imensa de produtos ligados ao futebol, e até outros esportes, como o vôlei, que pensamos em licenciar." A negociação, explica Bartolo, depende da aprovação de clubes importantes, com grandes torcidas e ainda está em fase inicial.Loja - Fortalecida no licenciamento de produtos para crianças (metade dos 350 produtos chancelados pela emissora estão associados à programação infantil), a Globo prepara o licenciamento de marcas de campanhas sociais, como Criança Esperança e Amigos da Escola. Os royalties dos produtos vendidos, diz a Globo, irão para as campanhas. A emissora já estuda abrir um loja, como as que a americana Warner mantém, só para vender produtos da Globo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.