Globo quer exclusividade em Barretos

Exclusividade tem seu preço e a cobertura exclusiva da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos deste ano não sairá barata para a Globo. A emissora negocia o direito de transmitir sozinha a 46.ª edição do evento, que ocorrerá de 16 a 26 de agosto. Para tanto, terá de arcar com nada menos que o pagamento integral do show internacional previsto para animar a festa.Os megastars mais cotados no momento são Rick Martin e o grupo Bee Gees. Corre nos bastidores que um show desses não sai por menos de US$ 1 milhão, cifra alta para uma emissora que se recusa a desembolsar um só tostão, alegando que se trata de uma cobertura "jornalística". Mesmo que a Globo banque o show, a bilheteria caberá à organização do evento.Segundo Marcelo Murta, um dos proprietários da Rodeios Place, que comercializa a Festa de Barretos, uma das moedas de troca pela exclusividade é que a Globo aprofunde a cobertura. Para Murta, só os flashes e reportagens espalhadas por noticiários, como em 2000, não compensam a exclusão de outros canais. No ano passado, sob o pretexto de abrigar no seu portal o site oficial do evento, a Globo desembolsou R$ 2 milhões e derrubou do cavalo a Record - que transmitiu a festa em 1999."Além dos flashes, a Globo pensa em fazer um Caldeirão do Huck na boate de Barretos, talvez um Globo Repórter e especiais com os shows Amigos e o internacional", diz Murta. A assessoria de imprensa da Globo confirma a negociação, mas não adianta detalhes da cobertura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.