Globo estréia voyeurismo na TV com "No Limite"

A Globo lança hoje o seu "reality show" No Limite, após o Fantástico. A estréia, com 40 minutos, terá enfoque diferente dos oito seguintes: apresentará 12 participantes, que desde o dia 10 estão numa praia deserta no Ceará. Em outras edições, o grupo será mostrado em 25 minutos de pleno esforço de sobrevivência.Tudo o que eles fizerem será registrado por dez câmeras. O grupo ficará numa área delimitada. Cenas de sexo podem ser registradas, mas não exibidas, diz o diretor J.B. de Oliveira, o Boninho. Quem brigar será desclassificado. "Teremos um programa forte", diz Boninho. "A eliminação é pesada."Os participantes começaram a ser escolhidos há dois meses. Boninho explica que, além de espírito de aventura, todos deveriam ser "bons personagens". "Como se trata de um produto de ´voyeurismo´, todos teriam de ter histórias maravilhosas para contar", afirma.Assim, produtores foram ao Rio, São Paulo, Porto Alegre e Salvador. Eles identificavam uma "pessoa interessante" e a abordavam. "Passaria uma semana numa ilha deserta?" Cerca de mil pessoas ouviram a pergunta. Cem adoraram a idéia. "Os 12 classificados passaram por exames físicos e psicológicos", diz Boninho.Só pelo primeiro dia, os 12 ganharam um carro zero. O vencedor ganhará R$ 300 mil. Cada um levou uma muda de roupa e um objeto de estimação. A Globo forneceu um kit com repelente, protetor solar, capa de chuva, lenço e, para as mulheres, absorvente. A cada dia receberão ração de alimentos. "Obter comida e água faz parte do jogo", diz. Uma equipe de 150 pessoas montou acampamento a 40 quilômetros do cenário. As 12 pessoas foram divididas em duas equipes. A cada dia, Zeca Camargo passará a elas uma tarefa. A equipe que fracassar terá de excluir um dos integrantes.Pela logística do jogo, o vencedor levará de 22 a 25 dias para terminar o jogo. O diretor Boninho diz que não sabe se será realizado um segundo programa. "Depende do que ocorrer com esse primeiro."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.