Globo estréia hoje "Sexo Frágil"

Estréia hoje na Rede Globo o programa que vai ter a hercúlea tarefa de substituir Os Normais. Com apenas homens no elencoSexo Frágil diz a que veio logo no título: vai pôr em xeque a tão alardeada condição de macho que muitos ainda prezam e outros tantos já vêem de forma flexível. Lucio Mauro Filho, Lázaro Ramos, Bruno Garcia e Wagner Moura vão viver quatro amigos que são o exemplo do novo homem: sensível e que tem fraquezas, mas que sobrevive com humor ao "universo dominado pelas mulheres". Lucio Mauro é o rosto mais conhecido dos quatro. Há três anos, ele entra no lar de muitas famílias brasileiras como o Tuco de A Grande Família. Em Sexo Frágil, ele vai ser Beto, o único do grupo de amigos que é casado. Detalhe: como todas as mulheres do seriado serão interpretadas pelos próprios atores, a mulher de Beto, Vilminha, será feita por Bruno Garcia. Lázaro Ramos tem sido muito badalado no cinema, mas também já esteve na telinha global. Ele despontou para o sucesso no filme Madame Satã, de Karim Ainouz, e depois fez também O Homem que Copiava e Carandiru. Entre seus trabalhos em TV estão o quadro Homem Objeto, do Fantástico, e participações em A Grande Família. Em Sexo Frágil, ele faz o jornalista Fred. Wagner Moura será Edu em Sexo Frágil. Quem viu Deus É Brasileiro, Carandiru ou Abril Despedaçado já conhece o ator. Seu personagem no seriado que começa hoje é o mais bagunceiro do grupo. E Bruno Garcia entra no ar como Alex, o mais convencido dos quatro amigos. Típico "sabe tudo", ele é o alvo preferido das piadas dos colegas. Ele já foi visto em trabalhos como os filmes O Auto da Compadecida e Lisbela e o Prisioneiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.