Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Globo Esporte terá versão única em junho

Marisa Orth ganhará figurino mais moderninho para ressuscitar sua Magda, na gravação dos episódios especiais do Sai de Baixo para o canal Viva, na próxima semana. Mas o figurinista Fábio Marques avisa que ela continuará de "saia curtíssima".

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2013 | 02h08

Picasso, Monet, Van Gogh e Caravaggio serão nomes recorrentes em Pecado Mortal, primeira novela de Carlos Lombardi na Record. O autor batizou assim um grupo de policiais de caráter duvidoso, no contexto do tráfico de drogas que tomou o Rio nos anos 1970. Estreia no fim do ano.

A HBO anuncia oficialmente nesta terça, em evento fechado em São Paulo, o início de produção de mais uma série brasileira: Psi é baseada nos romances de Contardo Calligaris. Dramática, com toques cômicos, é ambientada em São Paulo, em torno do psicanalista Carlo Antonioni, de 54 anos, afeito a casos clínicos pouco comuns.

José Luiz Datena celebra seu êxito frente ao paparicado Rodrigo Faro. Desde que assumiu o Brasil Urgente aos sábados, a Band subiu e chega até a superar o Melhor do Brasil no horário. Em maio, o confronto valeu média de 5,6 pontos para a Band e 5,5 para a Record.

Engajada, Sophie Charlotte, protagonista de Sangue Bom, é a madrinha da Campanha Nacional de Conscientização da doença de Pompe de 2013, obra da Academia Brasileira de Neurologia (ABN).

Engajada 2. A doença de Pompe é um raro transtorno genético neuromuscular de natureza metabólica, que afeta progressivamente a capacidade de locomoção.

O Fox Sports se posicionou em 2º lugar de audiência no segmento de canais de esporte, de 13 a 19 de maio, entre homens de 18 a 49 anos. Perdeu só para o SporTV. No período, teve Palmeiras x Tijuana e Corinthians x Boca Juniors.

Olha lá o Wagner Moura de prosa com o diretor Felipe Hirsch nos bastidores da série A Menina Sem Qualidades. Ele aparece no episódio que vai ao ar hoje, pela MTV, em tom de participação especial, em um flashback como o pai de Alex/Rodrigo Pandolfo.

O Globo Esporte, programa que mais respeita as diferenças regionais na grade da Globo, com dez versões diferentes - SP, RJ, MG, RS, SC, PR, BA, CE, PE e DF - volta a ser um programa de rede com uma única edição nacional, de 10 de junho a 1º de julho. O feito é obra da Copa das Confederações. Nesse período, a jornalista Cristiane Dias apresentará uma versão única do Globo Esporte, tendo ao seu lado o titular da edição carioca, Alex Escobar, ou da paulistana, Tiago Leifert, em esquema de revezamento. Nos dias de jogo do Brasil, quando os dois estiverem dedicados ao Central da Copa, Caio Ribeiro entrará em cena.

O cara

Tudo o que sabemos sobre:
Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.