Globo é processada por herdeira de "trapalhão"

Cerca de R$ 120 milhões. Essa é a quantia que os advogados Eduardo Pimenta e Campello de Oliveira, especialistas em direitos autorais, esperam que Maria Laura Gonçalves, filha de Mauro Gonçalves, o Zacarias de Os Trapalhões, receba da Rede Globo de Televisão como indenização pelas retransmissões dos programas do humorista, entre 1989 e 1998.Segundo Eduardo Pimenta, há alguns anos a família entrou com uma ação contra a emissora para receber um título devido à empresa Zacarias Produções Artísticas, no valor de R$ 1,2 milhão. Mas o título foi levado a protesto e a Globo conseguiu sustá-lo. "Só que no processo, que discutia apenas o pagamento do título, vinha uma especificação interessante: que a Globo, no Rio, faz a emissão, e 347 afiliadas em todo o Brasil retransmitem os programas. Ou seja, se a atração só passar no Rio é reprise. Mas em rede nacional é retransmissão. É isso que estamos cobrando", explica o advogado.Pimenta entrou no processo há quase dois anos e se prepara para o encontro entre Maria Laura, única herdeira de Mauro Gonçalves, e integrantes do departamento jurídico da Rede Globo provavelmente no início do ano que vem, durante a Ação de Cobrança. O advogado da herdeira de Zacarias chegou aos R$120 milhões fazendo contas a partir do que havia sido estipulado no contrato do humorista.Reapresentações - "Estava claro que pagariam por uma retransmissão 10% do valor do contrato. Como são 347 retransmissoras, basta multiplicar 10 por 347. O contrato é omisso em relação à periodicidade dessas retransmissões. Fomos condescendentes e pensamos por mês, não por programa. Em quase dez anos de Trapalhões reapresentados, fizemos as contas e chegamos aos R$ 120 milhões."Maria Laura, de 42 anos, mora com a mãe, a atriz Selma Lopes, numa casa comprada pelo pai, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. Ela gere a Zacarias Produções Artísticas, a marca Zacarias, e detém os direitos de exibição da imagem do pai. Prefere não comentar o assunto.Mineiro de Sete Lagoas, Mauro Faccio Gonçalves, ou simplesmente o doce e infantil Zacarias - personagem baseado num vendedor de frutas de sua cidade -, veio para o Rio em 63 e, depois de apresentações na Record, Excelsior, Tupi e Globo, ingressou no grupo Os Trapalhões em 1974. Morreu em 18 de março de 1990, aos 57 anos, de insuficiência respiratória.

Agencia Estado,

18 de outubro de 2001 | 10h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.