Globo de mesa de Hitler é vendido em leilão por R$ 230 mil

'É uma das coisas que um dos piores homens da história estudou sem parar', diz o comprador, Robert Pritikin

Reuters,

14 de novembro de 2007 | 13h06

Um globo de mesa recolhido por um soldado dos Estados Unidos na residência do ditador nazista Adolf Hitler, em 1945, foi vendido na terça-feira, 13, por US$ 115 mil (R$ 230 mil), informou uma casa de leilões de San Francisco.  John Barsamian, de 91 anos, contou ter pego o globo como lembrança depois de entrar na residência Berghof de Hitler em Obersalzberg, no sul da Alemanha, quando era soldado do Exército norte-americano. Ele decidiu vender o globo este ano devido à sua idade avançada.  Um ex-publicitário e morador de San Francisco que conhece Barsamian, Robert Pritikin, de 78 anos, ofereceu US$ 100 mil (R$ 200 mil) pelo globo. Ele terá que pagar uma taxa de 15% à casa de leilões, totalizando os US$ 115 mil. Matthew Davis, assistente pessoal de Pritikin, disse: "Ele (Pritikin) pensou: 'Como não comprar?. Esta é uma das coisas que um dos piores homens da história estudou sem parar"'.  Peter Allmayer-Beck, da Sociedade Internacional Coronelli de Estudo de Globos, sediada em Viena, disse que o globo foi arrematado por um preço alto - muito acima do preço inicial estimado entre US$ 15 mil (R$ 30 mil) e US$ 20 mil (R$ 40 mil)- apenas por estar ligado ao notório líder alemão.  "Em termos históricos, o globo não é muito significativo", observou. "O fato de ter feito parte dos objetos pertencentes a Hitler em Obersalzberg certamente influiu sobre o preço pelo qual foi leiloado."

Tudo o que sabemos sobre:
Adolf Hitlerleilão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.