Globo, Conspiração, Band e Mixer levam Brasil ao Emmy do dia

Quatro empresas brasileiras de audiovisual estarão ligadas no 40th International Emmy Awards, hoje à noite, diretamente de Nova York: a Globo concorre com cinco indicações (a série A Mulher Invisível, o especial Homens de Bem, o programa Por Toda a Minha Vida - Cartola, a série Planeta Extremo e a novela O Astro). Coprodutora de A Mulher Invisível, a Conspiração também estará lá. E, coprodutoras do seriado teen Julie & Os Fantasmas, ao lado na Nickelodeon, Band e Mixer fecham o time brasileiro da noite.

CRISTINA PADIGLIONE, O Estado de S.Paulo

19 de novembro de 2012 | 02h08

Antes que se conheçam os vencedores, um brasileiro subirá ao palco. Marcelo Serrado, que foi Crô em Fina Estampa, novela que ganhará versão hispânica pela Telemundo, em coprodução com a Globo, entregará o prêmio de melhor novela, ao lado da atriz Edity Gonzalez, atriz da TV Azteca.

Patrocinadora do evento, ao lado de outros canais - como a própria TV Azteca e a HBO -, além de empresas como Microsoft e Ernest & Young, a Globo tem emplacado de quatro a cinco finalistas todo ano e já levou dois troféus de novela de 2009 para cá: um por Caminho das Índias, de Glória Perez, e outro por Laços de Sangue, de Aguinaldo Silva, coprodução lusa com a SIC.

A Record, que associa as indicações da Globo à sua condição de patrocinadora, já não inscreve programas seus no Emmy há pelo menos quatro anos, Mas a presença da Band entre os finalistas da vez endossa que nem todo indicado é patrocinador. Para ganhar vaga na final, é preciso esbanjar nas inscrições, e não há limite de candidatos por canal. Este ano, o Emmy recebeu 1.100 inscrições que foram analisadas por jurados de 67 países. A seleção resultou em 38 finalistas de 15 países.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.