Giovanna Antonnelli em dose dupla na TV

Nem todo mundo aprovou o novo visual de Giovanna Antonelli na novela Da Cor do Pecado. O cabelinho curto e loiro pulverizou o que restava da imagem de Jade, aquela muçulmana de cabeleira longa e cacheada, penteado que a atriz usou por anos. Deu saudades? Basta ligar a televisão à tarde, logo após o Vídeo Show. Giovanna está lá, com os fios intactos, no remake de Corpo Dourado, novela que estreou em 1998 e voltou à tela da Globo em janeiro. A forma pré-silicone de Danielle Winits também "vale a pena ver de novo". Ela ainda estava na pele da cantora Marisol, de Kubanacan, quando Corpo Dourado voltou à tela, mostrando uma Danielle bem menos turbinada que a de hoje. Na trama,escrita por Antônio Calmon, ela também não usava aplique: a perua Alicinha exibia um cabelo curto, pintado de loiro claríssimo. Marcelo Faria também está entre os atores de dupla jornada. À tarde, é Guto, o namorado de Lígia (Fernanda Rodrigues). À noite, é Vladimir, o bombeiro boa pinta que virou celebridade. Diferenças? Agora seu coração tem outra dona: a espevitada Darlene (Deborah Secco). Cinco anos depois, ele segue com o mesmo ar de bom moço. Até o cabelo continua igualzinho... Hugo Carvana também encara jornada dupla na telinha. Mas seu modesto Jacinto, de Corpo Dourado, em nada se parece com o sofisticado Lineu de Celebridade. Aliás, a novela de Gilberto Braga marca uma das raras vezes em que o ator não aparece em cena como um homem do povo, desses que usam camisa aberta no peito e correntes à mostra. Mas sua fase chique chega ao fim hoje. Agora, o telespectador será atormentado pela pergunta quem matou Lineu Vasconcelos? Fiel ao estilo brutamontes, Humberto Martins apareceu recentemente em Kubanacan na pele do general Camacho. No remake da tarde, ele encarna outro machão: Chico, um delegado caubói apaixonado pela fazendeira Selena (Cristiana Oliveira). Naquela época, Martins - com bem mais cabelo do que hoje - era o protagonista da novela. No time dos veteranos, é fácil encontrar gente que nunca sai de moda na tevê, como Lima Duarte. Em Da Cor do Pecado vive o pai dos gêmeos Paco e Apolo (Reinaldo Gianecchini). Já no reprise vespertino de Corpo Dourado, aparece na pele de mais um de seus homens refinados: é o pai de Arthur (Marcos Winter), um milionário falido. A experiência de Carlos Vereza também está sendo bastante requisitada no momento. Além de atuar em Corpo Dourado, o ator se prepara para entrar na segunda fase de Um Só Coração. Na minissérie, ele vai interpretar um judeu refugiado no Brasil.

Agencia Estado,

17 de fevereiro de 2004 | 14h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.