Gilberto Braga

De bate pronto, dez músicas escolhidas pelo novelista.

, O Estado de S.Paulo

03 de julho de 2010 | 00h00

1. NAQUELA MESA - Elisete Cardoso. "Sempre gostei dessa música. Está num curta-metragem excelente sobre o Paulo Gracindo que vi recentemente."

2. VETE DE MI - Bola de Nieve. "Foi um presente que um filme de Almodóvar colocou na minha vida. Me emociona profundamente."

3. CORAÇÃO EM DESALINHO - ZECA PAGODINHO.

"Queria escolher um entre vários sambas de raiz de que gosto. Pensei nesse, que é deslumbrante."

4. PARADISE - Bing Crosby.

"Nasci em 1945 mas sou muito ligado na música dos anos 30,

talvez porque minha mãe me

cantava Dorothy Lamour. Essa do Bing em sua fase crooner é ótima."

5. REVOIR PARIS - Charles Trénet. "Música francesa não é a minha paixão mas gosto muito do Trénet. Provavelmente porque ele é bem americanizado."

6. VOLARE - Domenico Modugno. "Estava no velório do Geraldo Casé e, quando me aproximei do corpo, estava tocando Volare num volume altíssimo. Foi uma emoção muito forte."

7. SENZA FINE - Ornella

Vanoni. "Uma das músicas da minha vida. Está na trilha de Anos Rebeldes."

8. ONE, TWO, BUTTON YOUR SHOE - Billie Holiday. "Essa toca em uma sequência de Pic Nic, um filme de que gosto muito. A voz de Billie e suas contemporâneas, Ella, Dinah, Sarah Vaughan, me enlouquece."

9. NICE "N" EASY -

Frank Sinatra. "Essa é feito sorvete. Refrescante. Quando a gente ouve, parece que não

existem mais problemas no mundo."

10. EU SEI QUE VOU TE AMAR - Roberto Carlos e Caetano Veloso.

"Uma escolha muito pessoal. Marcou muito a minha relação com o Edgar, meu parceiro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.