Gil será embaixador de bicentenário na Dinamarca

O ministro da cultura e cantor Gilberto Gil será eleito na sexta-feira o embaixador do bicentenário do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, em 2005, conforme informouhoje o comitê organizador do evento.Gil, de 62 anos, é a 44.ª personalidade internacional e a 3.ª sul-americana nomeada para promover o 200º aniversário do nascimento do escritor. Ele receberá o certificado das mãos do ministro da cultura dinamarquês Brian Mikkelsen, durante uma cerimônia no jardim de Tivoli, de Copenhague, onde Gil fará um show no dia seguinte. Pelé e Luisa Duran de Lagos, a esposa do presidente chileno Ricardo Lagos, foram os outros latino-americanos nomeados. O embaixador tem a incumbência de divulgar a obra do escritor pelo mundo.Hans Christian Andersen, autor dos clássicos contos infantis O Patinho Feio e O Soldadinho de Chumbo, entre outros, nasceu em 2 de abril de 1805 em Odense. Ele era filho de um pobre sapateiro e sua mãe era arrumadeira. Andersen morreu em 1875.Dezenas de personalidades internacionais já foram nomeadas embaixadoras, como a cantora Suzanne Vega, os atores Harvey Keitel, Connie Nielsen e Susan Sarandon.O comitê organizador estima gastar US$ 32,3 milhões em eventos como peças teatrais, espetáculos de dança, multimídia, música, exposições e atividades educacionais na Dinamarca para marcar o bicentenário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.