Gil anuncia apoio ao patrimônio de Belém e Manaus

O ministro Gilberto Gil anunciou ontem em Belém (PA) dois novos convênios para apoio ao patrimônio histórico. O Programa Monumenta, mantido pelo MinC e pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), destinou R$ 8,6 milhões para Belém e R$ 8,8 milhões para Manaus (AM), para obras de restauro nos centros históricos e reestruturação do espaço público. Em Belém, os projetos beneficiados são o percurso da Estação das Docas até a Igreja de Santana e a Praça Maranhão, com recuperação integral. Também serão beneficiados o Mercado de Carnes Bolonha e os monumentos da Praça Frei Caetano Brandão. Em Manaus, serão restaurados inicialmente o Mercado Adolpho Lisboa e o Paço Municipal. Manaus tem uma área de 43 hectares na orla fluvial identificada como de interesse de preservação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.