Gibi que inspirou inimigo de 'Batman' completa 20 anos

No filme Batman - O Cavaleiro das Trevas, que estréia amanhã nos cinemas do País, será possível conferir o último trabalho do ator Heath Ledger, morto em janeiro de uma overdose de medicamentos, na pele de um vilão. O Coringa - personagem de Ledger no filme - saiu diretamente das costelas de uma história em quadrinhos que está completando 20 anos: ''A Piada Mortal'', de Alan Moore e Brian Bolland, gibi de 1988. Mas tem muito também de Batman Ano Um, de David Mazzuchelli e Frank Miller, de 1989, que mostra a origem do personagem Comissário Gordon e de seu aliado, o justiceiro fora-da-lei Batman.Mas é ''A Piada Mortal'' que prevalece. A diferença do Coringa do filme com o Coringa de Alan Moore nos quadrinhos é que, na telona, o diretor Christopher Nolan não tentou explicar a gênese desse personagem terrível, homicida, psicopata. Já Moore, nos anos 80, tentava encontrar uma motivação para The Joker. Havia uma tragédia pessoal detrás de toda sua loucura, de todo o sadismo.No filme, Heath Ledger/O Coringa falseia sua biografia, reescreve tragédias pessoais a todo momento, sarcástico, inventado um jeito novo de contar a história de sua cicatriz medonha na boca - na verdade, o filme zomba das explicações psiquiátricas convencionais, da dor como habeas-corpus da insanidade. Além do Coringa, Batman - O Cavaleiro das Trevas tem um outro vilão: Harvey Duas Faces, interpretado por Aaron Eckhart, que começa o filme do lado do bem e realiza uma passagem para o lado escuro da própria força. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

17 de julho de 2008 | 12h07

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaBatmanCoringaHeath Ledger

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.