Reuters
Reuters

George Clooney é preso durante protesto

Ator manifestava contra Omar al-Bashir em frente à Embaixada do Sudão nos Estados Unidos

estadão.com.br com agências internacionais,

16 de março de 2012 | 12h23

SÃO PAULO - George Clooney foi preso na manhã desta sexta-feira, 16, durante um protesto em frente à Embaixada do Sudão em Washington, capital dos Estados Unidos. Seu pai também foi detido na manifestação.

 

Um grupo de militantes acusa o presidente do Sudão, Omar al-Bashir, de bloquear a entrada de ajuda humanitária no país e de provocar uma crise. Entre eles, estavam líderes de direitos humanos e representantes de entidades de ativismo político.

 

De acordo com a Associated Press, os presentes foram presos após não obedecerem uma ordem policial e ultrapassarem um cerco delimitado pelas autoridades.

 

Clooney disse esperar que o protesto atraia mais atenção para os problemas do Sudão.  O ator se disse impressionado com o envolvimento do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no caso, mas alertou que se uma ação não for tomada nos próximos três ou quatro meses, "haverá um grande desastre humanitário".

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
George Clooney

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.