Gay Talese reúne suas melhores reportagens em livro

O jornalista americano Gay Talese desenvolveu múltiplas formas para fazeruma reportagem. Em Frank Sinatra Está Resfriado, por exemplo, paratraçar o perfil do famoso cantor e ator, ele descobriu que a falta decooperação da pessoa a ser retratada não importa muito - e o texto,publicado na edição de abril de 1966 da revista Esquire, tornou-seclássico por desvendar o personagem sob diversos ângulos, pois, naimpossibilidade de entrevistar Sinatra, Talese ouviu dezenas de pessoas dealguma forma ligadas a ele que forneceram informações para um retratosólido.Esse é um dos textos de Fama e Anonimato (536 páginas, R$ 52), obraque a Companhia das Letras promete enviar hoje para as livrarias,aumentandosua coleção Jornalismo Literário. Sobre essas reportagens, que se tornaramreferência de texto elegante e plenamente informativo, Talese respondeu aoEstado, por fax, a algumas perguntas.É mais difícil escrever sobre pessoas anônimas do que sobre famosas?Gay Talese - É mais desafiante escrever sobre "pessoas anônimas",pois exigemais trabalho do autor, que ele escreva melhor, descreva melhor. É precisofazer um retrato em palavras. É preciso descobrir uma forma de delinear o"anônimo" de tal forma que o leitor possa visualizá-lo. Penso que ojornalismo pode ser criativo sem confiar em mentiras para parecerinteressante. Sou criativo na forma como organizo uma história. Pesquisocomprecisão e, quando surge tempo para preparar minha pesquisa, faço a fim de(espero) estimular o interesse do leitor.Você teve alguma dificuldade para virar o espelho para si e analisar opróprio trabalho?Sim, o livro que escrevo agora (e que ficará pronto até o meio do ano) éumareflexão sobre mim mesmo como escritor, como pesquisador e como uma pessoacuja curiosidade desencaminha, que me leva distante do lugar que previacomoponto de chegada.

Agencia Estado,

22 de abril de 2004 | 17h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.