Gaúcha será a nova Lolita da Globo

Cabelos pretos, pele clara, olhos verdes, 1,75 m, 53 quilos e uma ponta de timidez. Mel Lisboa, atriz gaúcha estreante em novelas, parecia pouco à vontade diante da curiosidade de dezenas de jornalistas, a quem foi apresentada anteontem pela Globo. Depois de quase dois meses de muitas especulações, cerca de 200 testes de seleção e muitos lances de marketing, Mel foi escolhida para viver a protagonista da minissérie Presença de Anita, de Manoel Carlos."Várias atrizes, consagradas ou não, poderiam fazer a Anita. Fizemos testes em Curitiba, Minas, Goiás, Espírito Santo. Dessa pré-seleção, algumas vieram ao Rio, houve novos testes e chegamos a Mel", afirmou o diretor- geral da minissérie e de núcleo da Globo, Ricardo Waddington. Segundo ele, o que pesou na escolha de Mel foi o fato de ela não ser conhecida. "Isso vai dar mais credibilidade à personagem, fora o talento, a beleza e a idade adequada dela." Waddington viaja hoje com a equipe de produção e quase todos os 30 atores da minissérie para Vassouras, no Estado do Rio, onde, durante cerca de um mês, serão gravadas as cenas externas.Se nada mudar na grade de programação da Globo, os 16 capítulos de Presença de Anita entram no ar a partir de 31 de julho, provavelmente no horário das 23 h. Manoel Carlos diz não se preocupar com o horário escolhido para a sua minissérie, que tem sido vilão de muitos programas na emissora. "Não poderia ser diferente, pois a minissérie é muito forte, densa. Causará grande impacto ao contar a história de uma menina, que mistura ingenuidade e sensualidade, que mente e diz a verdade quando quer, que aparece numa cidade do interior e vira de cabeça para baixo a vida de uma família", adianta o autor.A nova Lolita da Globo, porém, diz não estar preocupada com as seqüências ousadas que terá de dividir com charmoso cinqüentão José Mayer. "Não acho que a personagem seja sonsa ou leviana. Defino Anita como uma pessoa enigmática. E sei que todas as cenas mais sensuais serão feitas com o maior cuidado, não terão vulgaridade", diz Mel Lisboa Por falta de tempo, Mel - que desde criança mora em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio - ainda não leu o texto homônimo de Mário Donato que inspirou Manoel Carlos a escrever os capítulos, que estavam engavetados desde 1992. Mel conta também com a ajuda providencial "dos astros".Isso porque a mãe da jovem atriz gaúcha, a taróloga Cláudia Lisboa, previu sucesso na nova empreitada da filha - que até agora só havia feito cursos de teatro, comerciais de TV e teste para viver uma ciganinha na novela Explode Coração (1995). "Minha mãe é minha guru, sempre a consulto em tudo o que faço. E ela disse que, nesse caso, tudo estava conspirando a meu favor. Claro que, se ela acha que algo não vai ser legal, penso duas vezes ou nem faço", contou Mel. A protagonista de Anita diz ter alguns traços da personalidade de sua nova personagem, mas não soube dizer exatamente quais. "Talvez por ser madura em alguns aspectos e inexperiente em outros", arriscou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.