Gary Dourdan, astro de 'CSI', é acusado de posse de drogas

O ator Gary Dourdan, que faz partedo elenco da série "CSI: Crime Scene Ivestigation", foi presosob suspeita de possuir cocaína, heroína e outras drogas, dissea polícia na terça-feira. Dourdan, 41, foi detido pela polícia na cidade de PalmSprings, cerca de 160 quilômetros a leste de Los Angeles,depois de ser encontrado na madrugada de segunda-feira,dormindo no banco do motorista de um carro estacionado, disse apolícia em um comunicado à imprensa. O carro estava estacionado no lado errado de uma rua, com aluz interior acesa. Dourdan parecia desorientado e"possivelmente sob o efeito de álcool e/ou drogas" quando foiabordado por um policial, disse o comunicado. O policial encontrou substâncias que acredita seremcocaína, heroína, ecstasy e drogas vendidas com receita médica,assim como acessórios para o consumo de drogas, segundocomunicado. Dourdan foi detido, fichado por possessão de narcóticos edrogas perigosas e preso por cerca de cinco horas. Segundo apolícia, ele foi liberado mediante o pagamento de uma fiança de5 mil dólares. Nascido na Filadélfia, Dourdan começou sua carreira nositcom "A Different World" -- subproduto do "Cosby Show" -- edepois teve um papel importante na série "Soul Food", do canalpago norte-americano Showtime. Ele também fez parte do elenco do filme "Alien -- aRessurreição", de 1997. Mas ele é mais conhecido por Warrick Brown, investigadorforense de "CSI", a série mais assistida da televisãonorte-americana. O episódio da semana passada foi assistido por17 milhões de pessoas. Dourdan, cujo personagem se envolveu no assassinato de ummembro de uma gangue local nos últimos episódios, faz parte dalista de atores que podem deixar a série em maio, no fim daoitava temporada. Um porta-voz da CBS disse que o canal não quis comentar sea prisão de Dourdan afetaria a produção do programa. Oempresário do ator também não estava disponível para comentar oassunto. (Reportagem de Steve Gorman)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.