Garimpando sebos de livros raros com o mouse

Quem costuma freqüentar sebos já sabe. Às vezes, é preciso enfrentar muita poeira e desorganização para finalmente encontrar o livro que se está procurando. O trabalho fica ainda mais difícil quando a obra em questão é muito antiga ou rara. Para facilitar o trabalho dos bibliófilos de plantão, foi criado há seis meses o site Estante Virtual (www.estantevirtual.com.br). Funcionando uma espécie de "Google" do sebos, a página disponibiliza em alguns segundos cerca de 150 mil livros do acervo de 139 sebos espalhados por todas as regiões do país, do Acre até o Rio Grande do Sul. "A idéia surgiu quando eu comecei a fazer meu mestrado e precisei procurar muitos livros em sebo. Tive que enfrentar a organização precária de alguns deles", explica André Garcia, criador do Estante Virtual. Ele levou cerca de uma ano para programar todo o site. Durante este tempo, catalogou cerca de 800 sebos no país inteiro e os convidou para participar do projeto. Quando o site foi lançado, apenas 40 tinham topado disponibilizar parte de seu acervo na internet. Hoje, este número mais que triplicou. O funcionamento é simples. Basta digitar o título do livro ou o nome do autor para que uma lista dos sebos que possuem a obra no estoque aparecer. Quando achar o material desejado, deve-se colocar em uma cesta virtual para efetuar a compra. Depois de algum tempo, o dono do sebo que tem o livro escolhido no acervo entra em contato por e-mail, fornecendo o número da conta onde deve ser depositado o pagamento. A obra é então enviada pelo correio para qualquer parte do País. Documentos raros e até Xuxa na PlayboyPelo site, é possível encontrar documentos manuscritos da época da Colônia, do Império e do começo da República. Há ainda livros raros, fora de catálogo e autografados. Uma edição de 1944 de Terras do sem Fim com autógrafo de Jorge Amado sai por R$ 60 mais o frete. Bem mais caro é um exemplar de Poemas Traduzidos, de Manuel Bandeira. O livro, de 1966, tem uma dedicatória do poeta onde ele assina como "Mané". O exemplar sai por R$ 390 mais frete no sebo Torre de Papel, que fica em Vitória, no Espírito Santo. Também há espaço para obras inusitadas como O Nu ao ar livre, do obscuro escritor Arnoldo Piratininga. Lançado em 1934 pela Editorial Moderna Paulistana, o livro conta a história de um pacato brasileiro que faz uma viagem de negócios para a Alemanha. Lá, ele conhece uma jovem que o inicia nas artes do naturismo, a prática de fazer passeios sem usar nenhuma roupa. É um dos primeiro títulos a abordar o nudismo no Brasil e sai por R$ 80. Ainda falando de nudismo, outra raridade é a edição de dezembro de 1982 da revista Playboy, que traz a apresentadora Xuxa na capa. A revista custa R$ 450 e está sendo vendida no Ler Saber Sebo da cidade de Ijuí, no interior do Rio Grande do Sul. Os interessados devem correr. Tem muita gente de olho na "rainha dos baixinhos".

Agencia Estado,

20 de abril de 2006 | 12h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.