García Márquez e Neruda lideram vendas entre latinos

Memoria de Mis Putas Tristes, de Gabriel García Márquez, e a evocação da obra de Pablo Neruda encerram o ano encabeçando as listas de balanço literário nos países de língua espanhola em 2004, segundo divulga a agência DPA. O livro de García Márquez marcou sua volta ao mercado e vendeu meio milhão de cópias em apenas duas semanas após seu lançamento, em outubro. Já o centenário de nascimento de Neruda foi lembrado em todo o mundo com reedições, ensaios e outras manifestações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.