García Márquez é campeão de vendas na Itália

A autobiografia do escritor colombiano Gabriel García Márquez chegou esta semana ao topo da lista de obras estrangeiras mais vendidas na Itália. Viver para Contar, que recém chegou ao mercado, desbancou La Ciudad de las bestias, o novo romance de sua colega chilena Isabel Allende, que agora está em segundo no ranking, feito a partir de enquete com 60 livrarias. Em terceiro, aparece a americana Patricia Cornwell, com Retrato de um Assassino, em que tenta provar que o serial killer Jack, o Estripador foi o pintor inglês Walter Sickert. No Brasil, as memórias do autor de Cem Anos de Solidão serão publicadas pela Record, no primeiro semestre do ano que vem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.