García Márquez, aniversário sob tensão

O prêmio Nobel de Literatura Gabriel García Márquez faz hoje 76 anos de idade, preocupado pala ameaça de guerra que vive o mundo. Apesar de sua destacada posição na literatura mundial, o escritor e jornalista colombiano, que superou recentemente um grave problema de saúde, está mais preocupado com a polêmica mundial do que com aquela que envolve a data de seu nascimento.A certidão de nascimento de García Márquez indica a data de 27 de julho de 1930, mas na paróquia de San José de Aracataca consta que ele nasceu em 6 de março de 1927, filho de Gabriel Eligio García e de Luisa Márquez. Por outro lado, em várias enciclopédias, jornais e revistas, na Internet, no dicionário Larousse e no seu certificado de reservista, o ano de seu nascimento é 1928. Pessoas próximas ao escritor, chamado intimamente de "Gabo", dizem que ele nunca ligou para isso e que agora está muito preocupado com a possibilidade de uma guerra. Há menos de um mês sua revista Cambio reproduziu um discurso pronunciado pelo escritor em 6 de agosto de 1986, no 41.º aniversário do lançamento pelos Estados Unidos de uma bomba atômica sobre a cidade japonesa de Hiroxima: "Os poucos seres humanos que sobreviveram ao primeiro espanto, e aqueles que tiveram o privilégio de encontrar um refúgio seguro às três da tarde da segunda-feira da magna catástrofe, só salvaram suas vidas para morrer depois, do horror de suas recordações", disse em seu discurso. E acrescentou: "a criação terminou. No cáos final da humanidade e das noites eternas, o único vestígio do que foi a vida serão as baratas".Os livros de García Márquez valem cada vez mais no mercado. Um dos primeiros, Ninguém Escreve ao Coronel (medellín, Aguirre Editor, 1961) vale entre US$ 5 e US$ 8,5 mil se tiver sua assinatura, segundo pesquisa da revista de economia La Nota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.