Gangue rouba US$ 90 milhões em quadros de museu em Zurique

Telas roubadas no domingo à noite são avaliadas em mais de US$ 90 milhões.

Da BBC Brasil, BBC

11 Fevereiro 2008 | 14h40

Um grupo armado roubou uma série de quadros avaliados em mais de US$ 90 milhões de dólares (cerca de R$ 160 millhões) de um museu privado em Zurique, informou a polícia suíça. As obras roubadas no domingo à noite incluem trabalhos de impressionistas como Paul Cezanne, Claude Monet, Vincent van Gogh e Edgar Degas. A polícia ainda não divulgou o nome do museu, mas segundo a correspondente da BBC em Berna Imogen Foulkes acredita-se que as obras sejam da famosa coleção Emil Buehrle, que contém algumas das obras mais importantes do impressionismo. O roubo ocorreu apenas alguns dias depois de dois quadros do espanhol Pablo Picasso terem sido roubados de uma exposição perto de Zurique. As telas de Picasso - Cabeça de Cavalo e Copo e Jarra - foram levados de uma exposição na cidade de Pfaeffikon na última quarta-feira. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.