'Game Change' domina indicações do Globo de Ouro

Vencedores serão anunciados em cerimônia marcada para 13 de janeiro

Antonio Martín Guirado - Efe,

13 de dezembro de 2012 | 13h32

LOS ANGELES - O filme para televisão "Game Change", com cinco indicações, e a série dramática "Homeland", com quatro, são as favoritas para a 70ª edição dos prêmio Globos de Ouro, segundo anunciou nesta quinta-feira a Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA).

"Game Change", sobre a designação em 2008 da então governadora do Alasca Sarah Palin como candidata à Vice-Presidência do Partido Republicano, colocou seu nome nas categorias de melhor minissérie ou filme para televisão, melhor atriz (Julianne Moore), melhor ator (Woody Harrelson), melhor atriz coadjuvante (Sara Paulson) e melhor ator coadjuvante (Ed Harris).

"Homeland", que centra seu argumento na história de um oficial americano resgatado de seu cativeiro no Iraque oito anos após ter sido dado como morto, aspira aos prêmios de melhor série de drama, melhor atriz (Claire Danes), melhor ator (Damian Lewis) e melhor ator coadjuvante (Mandy Pitinkin).

Outros títulos destacados no anúncio realizado nesta quinta-feira são "Downton Abbey", "Modern Family" e "The Girl", com três indicações.

O prêmio de melhor série de drama será disputado por "Breaking Bad", "Boardwalk Empire", "Downton Abbey", "Homeland" e "The Newsroom", enquanto o de melhor série de comédia ou musical estará entre "The Big Bang Theory", "Episodes", "Girls", "Modern Family" e "Smash".

O prêmio de melhor minissérie ou filme para televisão sairá da disputa entre "Game Change", "The Girl", "Hatfields & McCoys", "The Hour" e "Political Animals".

Connie Britton ("Nashville"), Glenn Close ("Damages"), Claire Danes ("Homeland"), Michelle Dockery ("Downton Abbey") e Julianna Margulies ("The Good Wife") aspiram à estatueta de melhor atriz em série de drama, enquanto que Steve Buscemi ("Boardwalk Empire"), Bryan Cranston ("Breaking Bad"), Jeff Daniels ("The Newsroom"), Jon Hamm ("Mad Men") e Damian Lewis ("Homeland") formam a potente lista que disputa o prêmio de melhor ator.

As melhores interpretações femininas em séries de comédia ou musical para os Globos de Ouro foram as de Zooey Deschanel ("New Girl"), Julia Louis-Dreyfus ("Veep"), Lena Dunham ("Girls"), Tina Fey ("30 Rock") e Amy Poehler ("Parks And Recreation").

Dependendo de alguns fatores, Fey e Poehler serão as apresentadoras da cerimônia dos Globos de Ouro no dia 13 de janeiro, que será transmitida pelo canal "NBC".

O reconhecimento ao melhor ator de comédia ou musical sairá entre Alec Baldwin ("30 Rock"), Don Cheadle ("House of Lies"), Louis C.K. ("Louie"), Matt LeBlanc ("Episodes") e Jim Parsons ("The Big Bang Theory").

Além disso, alguns dos rostos mais populares e reconhecidos de Hollywood estão envolvidos nas indicações de interpretação dentro das miniseries e filmes para televisão.

Assim Nicole Kidman ("Hemingway & Gellhorn"), Jessica Lange ("American Horror Story: Asylum"), Sienna Miller ("The Girl"), Julianne Moore ("Game Change") e Sigourney Weaver ("Political Animals") lutarão pelo prêmio de melhor atriz, igual a Kevin Costner ("Hatfields & McCoys"), Benedict Cumberbatch ("Sherlock"), Woody Harrelson ("Game Change"), Toby Jones ("The Girl") e Clive Owen ("Hemingway & Gellhorn") o farão no campo masculino.

Na categoria de melhor atriz coadjuvante, as candidatas são Sofía Vergara ("Modern Family"), Hayden Panettiere ("Nashville"), Arji Panjabi ("The Good Wife"), Sara Paulson ("Game Change") e Maggie Smith ("Downton Abbey").

Os candidatos a melhor ator coadjuvante são Max Greenfield ("New Girl"), Ed Harris ("Game Change"), Danny Huston ("Magic City"), Mandy Pitinkin ("Homeland") e Eric Stonestreet ("Modern Family").

Tudo o que sabemos sobre:
Globo de OurotelevisãoCultura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.