Galeria retoma feira de gravuras

Para a galerista Adriana Penteado,a gravura é muito mais do que simples reprodução, é "alquimia", no caso das gravuras em metal; "um desenho demorado, que estásempre sendo retomado", como enxergou nas aulas com o artistaEvandro Carlos Jardim, quando cursou a Faap. A partir dessegosto pessoal pela técnica, a galerista abre a exposição SóGravura, com mais de cem trabalhos pertencentes ao acervo daprópria galeria, e retoma o projeto Feira de Gravura, que datade 1986. A primeira exposição é uma seleção de obras do acervoque tem como objetivo mostrar o percurso da gravura por meio deobras feitas pelas técnicas tradicionais como a xilogravura - emmadeira - e em metal, até as obras de artistas inovadores, comoas serigrafias sobre produtos industrializados feitos por MônicaSchoenacker. O acervo de Adriana Penteado vem sendo formado desde1984 e conta com obras de renomados artistas como o próprioEvandro Carlos Jardim, Luis Hermano, Claúdio Mubarac e MarcoButi, entre outros, e novatos, como Débora Bolsoni (que teve umaescultura-gravura adquirida recentemente), totalizando um grupo de 17criadores. Mas, a retomada do Feira de Gravura é o maior estímulo àgravura, uma vez que Adriana vai dedicar um espaço no segundoandar de sua galeria para o projeto, "daqui para a frente,permanente, um espaço para a boa gravura do País", como afirma.O Feira da Gravura foi idealizado pela galerista em 1986 e durouaté 1990 e era realizado na Sala Flávio Império, no Institutodos Arquitetos do Brasil. Para esta retomada, Adriana conseguiu reunir 180 obrasfeitas por alunos das oficinas do Museu de Arte Moderna da Bahiae do Museu Lasar Segall, jovens gravadores curitibanos, além deformandos e recém-formados da Faap e da Escola de Comunicação eArtes da USP. O intuito é mostrar a nova produção de gravura e tambémoferecer material didático sobre a técnica, como projetar vídeos, promover encontros e cursos. Por enquanto, será lançado umfolder sobre o assunto escrito pelo crítico Celso Fioravante."Depois, quero percorrer o Brasil atrás de novos gravadores",diz a galerista.Serviço - Só Gravura.De quinta a sábado, das 14 às 18 horas.Adriana Penteado Arte Contemporânea. Rua Peixoto Gomide, 1.503,tel. 3081-1012. Até 25/8. São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.