Galeria de Londres prepara exposição sobre sexo

O centro de artes Barbican de Londresprepara uma exposição sobre a arte da sedução intitulada Seduzidos: A Arte e o Sexo da Antiguidade Até Agora. A mostra, que será restrita a maiores de 18 anos, reunirá 250objetos, que vão desde estátuas e relevos da Grécia e da Romaclássicas, até obras contemporâneas de Robert Mapplethorpe, FrancisBacon e Jeff Koons. Haverá fragmentos libidinosos de afrescos das paredes de umbordel de Pompéia, e quadros e desenhos eróticos de Fragonard,Carracci, Turner, Rodin e Picasso. Também será exibido um filme deAndy Warhol intitulado Blow Job, que apresenta um ato de sexo oral. De Picasso, os organizadores tentaram conseguir junto aoMetropolitan Museum of Art de Nova York um quadro poucoconhecido, que mostra um homem e um jovem durante o ato sexual.Destaques Também farão parte da exposição manuscritos da Índia, pinturasrenascentistas, gravuras pornográficas japonesas e peças da grandecoleção reunida pelo sexólogo Alfred Kinsey. Haverá ainda uma instalação sonora intitulada A Voz do Sexo,que permitirá aos visitantes escutar a leitura de textos extraídosdo Kama Sutra, de Lolita, de Nabokov, e de obras do Marquês deSade. Kate Bush, diretora da galeria do Barbican, admitiu à imprensaque a exposição, que faz parte das comemorações dos 25 anos docentro, será provocadora, mas negou a intenção de escandalizar. Segundo a diretora, será uma mostra "séria e com um enfoqueintelectual", que tentará mostrar que outras civilizações tiveramuma atitude muito mais aberta em relação ao sexo do que as dosbritânicos dos séculos 19 e 20. "O sexo é um assunto que interessa a todos. Não queremos serescandalosos. Os limites são sempre individuais", afirmou Kate. A exposição estará aberta ao público entre 12 de outubro e 27 dejaneiro de 2008.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.