Gabriel Villela vai abrir o Festival de Curitiba

Elfos, balé, artes marciais e Shakespeare irão dividir o mesmo palco no dia 21 de março em Curitiba. A versão do clássico Sonhos de uma Noite de Verão feita pelo diretor Gabriel Villela e encenada pela Cia. de Dança de Minas Gerais/Fundação Clóvis Salgado, foi a escolhida para abrir o 11º festival de teatro da cidade.Em sua livre adaptação, Villela transformou a comédia sobre as confusões causadas por um elfo brincalhão em um espetáculo de dança. "A proposta é somar experiências e experimentos", diz. Para as cenas de ação foram usadas técnicas chinesas de expressão corporal e coreografias. O diretor misturou também as linguagens teatral e circense.A professora de teatro Maria Thaís ensinou técnicas de máscaras para o grupo encontrar o perfil psicológico e os movimentos faciais dos personagens. "Os bailarinos têm os movimentos corporais muito mais elaborados que os faciais", diz Villela, que assina também a cenografia e os figurinos da peça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.