Gabi aposta na rede para estrear novo "talk show"

Depois de adiar por duas vezes a data de estréia, a "Rede TV!" exibe no próximo dia 5 de junho o talk show Gabi, apresentado pela jornalista Marília Gabriela. O estilo será o mesmo da atração comandada por ela durante quatro anos no SBT - De Frente com Gabi - que por sua vez, herdou semelhanças do Cara a Cara, apresentado por ela durante dez anos na Band.A diferença deverá ser o dinamismo que a atração ganhará graças ao auxílio da Internet. Para isso, a jornalista já está se preparando com aulas de informática, que a auxiliarão no comando da atração que será exibida de segunda a sexta, às 23 horas. "Estou apostando nas novidades que a Internet pode oferecer", ressalta Gabi.Além de ampliar a interatividade, o programa também será feito ao vivo duas vezes por semana, às terças e quartas. A partir de julho, quando o horário político deixar de ser exibido, a atração entrará ao vivo às terças e quintas."Não é fácil fazer o programa ao vivo todos os dias, nem todos os convidados podem comparecer neste horário", ressalta a jornalista, que esporadicamente estará ligando para a casa de telespectadores para que participem da conversa com seus entrevistados. "Vamos selecionar os participantes através das cartas, e-mails e fax que recebemos, e as ligações poderão ser feitas ao vivo ou durante as gravações", detalha o diretor Ninho Moraes, que acompanha a jornalista desde 1985.Outra novidade reservada para a atração ficará para as noites de segunda, com entrevistas sempre relacionadas ao assunto sexo. Excepcionalmente na noite de estréia, o programa será apresentado ao vivo. "A primeira entrevistada será uma psicanalista, mas por enquanto, o nome dela será mantido em sigilo", destaca o diretor.Gabi entrevistará apenas um convidado por noite, assim como fazia em seus talk shows anteriores e ainda realiza no Marília Gabriela Entrevista, exibido pelo GNT. "A diferença é que ela estará contando com uma ferramenta de trabalho a mais, que é a Internet", acrescenta Moraes, que também dirige a jornalista no programa do canal por assinatura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.