Fusão de estilos e cores marca Semana de Alta-Costura na Índia

Primeiro grande evento de moda no país mescla tradição e sensualidade em seis dias de desfiles

Da Redação, com agências internacionais,

21 de setembro de 2008 | 17h08

A primeira Semana de Alta-Costura da Índia, promovida de terça, 16, até este domingo, 21, em Bombaim - capital financeira e cinematográfica do país -, reuniu 11 estilistas renomados e teve como foco uma moda mais comercial, que possa ser usada no dia-a-dia e tenha preços razoáveis.  Veja a galeria de fotos  A idéia da organização do evento não é concorrer com os desfiles franceses e italianos, famosos pelas criações rebuscadas, e prefere apresentar um vestuário mais acessível ao público. Os modelos apresentados, segundo a organização, são destinados a pessoas que queiram agregar tradição e história a seu estilo pessoal. A agenda da semana contou com dois desfiles por noite num hotel de Bombaim, metrópole com 18 milhões de pessoas comparada a Nova York pelos novos ricos indianos.  Alguns criadores são conhecidos nos principais circuitos da moda (Estados Unidos, Londres, Paris e Milão). É o caso de Suneet Verma, que apresentou coleção inspirada na comédia "Sonho de uma Noite de Verão, de Shakespeare. "Meu tema foi aquele amor e beleza retratados no fim da obra, para ir além do prazer de sonhar o impossível e realizá-lo", afirmou o estilista. Além de Verma, estiveram presentes os estilistas Ritu Kumar e Tarun Tahiliani, que exibiu um sari (vestimenta típica indiana) rosa, no valor de 7.800 dólares, usado pela atriz e ex-modelo britânica Liz Hurley em seu casamento com o empresário indiano Arun Nayar, no ano passado. A coleção "Tudo o que somos e mais", de Tahiliani, exibiu roupas majestosas e clássicas com um toque moderno. Para dar ainda mais opulência a tecidos nobres, o estilista usou cristais Swarovsky em alguns vestidos. Tahiliani apresentou vestidos de noiva, de noite, casacos, saias e várias outras peças que fazem parte da tradição indiana.  Karishma Kappor e Rahul Khanna, duas atrizes de Bollywood, desfilaram pela marca do estilista Manav Gangwani.  A moda na Índia tem um volume de negócios anual entre 50 e 250 milhões de dólares.

Tudo o que sabemos sobre:
Semana de ModaÍndiaAlta-Costura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.