Funeral de Pavarotti em Modena é transmitido por telões

Milhares de fãs podem assistir à cerimônia, que conta com participação do cantor Andrea Bocceli

EFE

08 de setembro de 2007 | 05h47

O funeral do tenor italiano Luciano Pavarotti será hoje, na catedral de Modena, sua cidade natal, que desde a sua morte, nesta quinta-feira, 6, decretou três dias de luto. O corpo será enterrado na capela da família, no cemitério Montale Rangone, perto da cidade. A câmara ardente instalada na catedral recebeu a visita de milhares de pessoas até as 13h (8h de Brasília) para que os fãs pudessem se despedir do cantor, morto aos 71 anos de um câncer no pâncreas. Veja também:Morre Luciano Pavarotti, um dos mais importantes tenores da históriaPavarotti, cantor de voz belíssima, com dicção impecávelLuciano Pavarotti, o tenor inconfundível Piza: Una furtiva lacrima per Pavarotti Pavarotti esteve sete vezes no BrasilOs grandes papéis do tenor Luciano PavarottiHistórias pouco conhecidas do fenômeno PavarottiMorte de Pavarotti provoca comoção na ItáliaTeatro da cidade natal de Pavarotti se chamará Grande Luciano Grandes nomes da música lamentam a morte de Pavarotti Sempre admirei a voz divina de Pavarotti, diz Plácido DomingoNa infância, Pavarotti sonhava em ser craque de futebolOuça trecho de "La Donne È Mobile", da ópera "Rigoletto", de Verdi, na voz do tenor Luciano Pavarotti  Ouça trecho de "Nessum Dorma", da ópera "Turandot", de Puccini, na voz do tenor Luciano Pavarotti  Pavarotti - Nessun Dorma   Os Três Tenores - Nessun Dorma  James Brown & Pavarotti  Luciano Pavarotti - Ave Maria - Schubert  Queen + Luciano Pavarotti - Too Much Love Will Kill You  A última exibição de Pavarotti - Torino 2006 per le Olimpiadi   Na cidade e nos arredores da Praça Maior, onde fica a catedral de estilo românico, grandes cartazes anunciam o luto. Nos edifícios públicos, as bandeiras receberam faixas negras. "Adeus, maestro. A cidade de Modena participa comovida da dor dos parentes pelo desaparecimento de Luciano Pavarotti, grande cidadão e artista extraordinário", diz um dos cartazes, assinado pelo prefeito Giorgio Pighi. Dois telões serão instalados na Praça Maior e na de Santo Agostinho vão transmitir a cerimônia. O funeral será oficiado pelo arcebispo de Modena, Benito Cocchi. Estarão na catedral o primeiro-ministro da Itália, Romano Prodi, o ministro da Cultura, Francesco Rutelli, e o comissário europeu de Cultura, Jan Sigel. A música da cerimônia será interpretada pelo cantor Andrea Bocceli, pelo soprano búlgaro Raina Kabaiwanska e pelo flautista Andrea Griminelli. Os músicos serão acompanhados pelo Coral Rossini, no qual o tenor começou. Também são esperadas personalidades como o ex-secretário-geral da ONU Koffi Annan e o cantor Bono, do grupo irlandês U2, que confirmaram presença. A imprensa italiana prevê a chegada dos cantores Sting e Elton John, com quem o tenor atuou em diversas ocasiões nos seus shows beneficentes "Pavarotti & Friends". Na saída da catedral, uma esquadrilha acrobática da Aeronáutica vai colorir o céu com as cores da bandeira da Itália (vermelho, branco e verde), prestando homenagem a Pavarotti.

Tudo o que sabemos sobre:
Pavarotti

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.