Fundação Iberê Camargo abre edital para bolsa que oferece residências no exterior

Três artistas brasileiros serão contemplados com dois meses de residência em instituições internacionais

O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2013 | 02h09

A Fundação Iberê Camargo anunciou ontem a abertura do edital para a bolsa que leva o nome do artista plástico. Três artistas brasileiros serão contemplados com dois meses de residência em instituições internacionais, entre outubro e dezembro deste ano. Os vencedores poderão escolher entre o MAMbo, em Bolonha, na Itália; o CRAC, em Valparaíso, no Chile; e o Kiosko, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. A fundação se responsabiliza pelas despesas de viagem e também dá a cada escolhido uma ajuda de custo de R$ 8 mil. Caberá também à comissão julgadora selecionar um artista para atuar no âmbito do Programa Artista Convidado do Ateliê de Gravura - nele, artistas de todo o mundo têm a oportunidade de produzir gravuras em metal na prensa que pertenceu a Iberê Camargo. Para concorrer, os candidatos devem ter participado de três exposições individuais ou coletivas. Mais informações: iberecamargo.org.br/bolsa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.