Frateschi pede demissão da presidência da Funarte

O ator Celso Frateschi pediu demissão da presidência da presidência da Fundação Nacional de Arte (Funarte). Em carta intitulada "O transatlântico fantasma" divulgada na noite desta segunda-feira, Frateschi afirma que não resistirá ao "movimento articulado de alguns funcionários e de alguns setores do Ministério da Cultura para desestabilizar minha gestão na presidência da Funarte". Secretário de Cultura de São Paulo na gestão de Marta Suplicy e nas duas administrações do prefeito Celso Daniel em Santo André, Frateschi assumiu a Funarte em abril do ano passado, nomeado pelo então ministro da Cultura Gilberto Gil para o lugar do também ator Antônio Grassi.

Agencia Estado

07 de outubro de 2008 | 04h25

Tudo o que sabemos sobre:
Funartedemissão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.