"Frasier" dá adeus à TV após 11 anos e 31 Emmys

A rede NBC gravou esta semana o último episódio do seriado Frasier, o humorístico mais premiado no Emmy, o Oscar da TV americana. Desde sua estréia em 1993, a série faturou 31 Emmys, cinco deles em seqüência, entre 94 e 98, na categoria principal.Na terça-feira à noite, elenco, equipe técnica e amigos se reuniram para as seis horas de gravação, com direito a champanhe e homenagens a um dos criadores do seriado, David Angell, morto nos atentados de 11 de setembro.Frasier nasceu como uma derivação de outro seriado de sucesso, Cheers. Neste, o ator Kelsey Grammer tinha um pequeno papel, o de um psiquiatra pedante, Frasier, deslocado entre amigos fãs de futebol e cerveja. Na derivação, seu personagem tornou-se central, rendendo a Grammer até US$ 1 milhão por episódio. Frasier é exibido no Brasil no canal de TV paga Sony.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.