Frank Gehry ganha Príncipe das Astúrias

O americano Frank Gehry, criador do museu Guggenheim de Bilbao, no norte da Espanha, ganhou ontem o prêmio Príncipe de Asturias das Artes 2014. Reconhecido internacionalmente com prêmios como o Pritzker, em 1989, Gehry foi escolhido pela "relevância e repercussão de suas criações em diversos países, com as quais definiu e impulsionou a arquitetura dos últimos 50 anos". "Seus edifícios se caracterizam por um jogo virtuoso com formas complexas, pelo uso de materiais pouco comuns, como o titânio", declarou a comissão julgadora. / AFP

O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2014 | 07h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.