François Nourissier morre aos 83 anos

O escritor e jornalista francês François Nourissier morreu ontem em Paris aos 83 anos. Ele sofria do mal de Parkinson. A informação foi divulgada pela Academia Goncourt, da qual ele fez parte durante 25 anos, sendo presidente da instituição entre 1996 e 2002, quando se afastou devido à doença. Nascido em 1927 na capital francesa, escreveu seu primeiro romance (L"Eau Grise - A Água Cinza, em tradução livre) - aos 24 anos e o último (Eau-de-feu - Água de Fogo) aos 80. Ele ganhou o prêmio de romance da Academia Francesa por Une Historie Française (Uma História Francesa) em 1965 e a renomada premiação Femina, pelo livro La Crève. / EFE

, O Estado de S.Paulo

17 de fevereiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.