Francesco Scavullo reúne nus em novo livro

Um dos mais festejados fotógrafos de moda dos anos 70 e 80 lança um novo livro que deve dar muito o que falar. Francesco Scavullo, conhecido por conta de 30 anos de capas da Cosmopolitan, além de retratos de algumas das maiores celebridades mundiais, publica Nudes, uma coleção de nus que inclui modelos, atrizes, músicos e bailarinos famosos.Responsável por bons momentos de revistas como Rolling Stone, Life, Time, Harper´s Bazaar e Vogue, além de cartazes de filmes como Nasce Uma Estrela, com Barbra Streisand, e capas de discos de nomes como Diana Ross, Scavullo também é conhecido por retratos polêmicos. Foi ele, por exemplo, um dos únicos fotógrafos a continuar trabalhando com a supermodelo Gia Carangi, nos anos 80, quando ela estava viciada em heroína e sofrendo de aids. O fotógrafo foi criticado por uma capa da Cosmopolitan em que amarrou os braços da modelo nas costas para esconder as marcas de aplicações da droga.Em Nudes, Scavullo reúne mais de cem retratos de supermodelos como Cindy Crawford, Claudia Schiffer, Christy Turlington, NaomiCampbell e Jerry Hall, além de atrizes como Rene Russo e Sylvia Miles e figuras conhecidas dos anos 70, como Diane Von Furstenberg, Margaux Hemingway, Sylvia Miles, Cheyenne. O volume também tem modelos masculinos."Acho que fotografias de nus são incríveis porque nunca ficam datadas", diz o fotógrafo. "A moda tem altos e baixos, mas, se você está sem roupas, está sempre na moda. Não há nada como o corpo humano!"Curiosamente, a imagem de Rene Russo de top less é que a mais vem chamando atenção. A atriz de Máquina Mortífera foi estampada no convite da festa de lançamento do livro em Nova York. "Pedi para ela assinar um documento autorizando a publicação da foto, em 1975, e, como hoje em dia ela é muito mais famosa, pedi autorização de novo", disse o fotógrafo ao jornal New York Post. Russo disse que ele pode "fazer o que quiser com a imagem". "Eu amo Scavullo!", afirmou a atriz.Nudes, de Francesco Scavullo, editora Abrams, Harry N, 128 páginas, US$ 19,95.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.