Divulgação
Divulgação

Fragmentos do eu e impressões das borboletas

A artista paranaense Keila Alaver mostra trabalhos de conceito e significado distintos em exposição na Galeria Luisa Strina

Estadão.com.br,

31 de março de 2011 | 13h03

A Galeria Luisa Strina (Rua Padre João Manuel, 755 - Jardins) estreia exposição de Keila Alaver (1970) a partir de 02 de abril até 03 de maio. Serão apresentadas duas mostras distintas Cartões em Movimento Borboletário.

 

Na série Cartões em Movimento,  Keila compõe seu trabalho a partir de roupas e acessórios próprios e ainda serve de modelos para suas fotos. A ideia é fazer o interlocutor se questionar sobre qual realidade faz parte.

 

Além da série que registra cenas do cotidiano, será possível conhecer Borboletário, coleção que reúne oito peças em acrílico com impressões de desenhos de borboletas feitas com pedras semipreciosas brasileiras. Borboletário também é composta pelo vídeo Floresta Mágica que trata de uma paisagem fantástica que se constrói com o passar do tempo.

 

A visitação é gratuita e pode ser feita na inauguração, dia 2, das 12h às 16h. De segunda-feira a sexta-feira entre 10h e 19h e nos sábados das 10h às 17h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3088-2471.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Keila AlaverGaleria Luisa Strina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.